Desafio Voluntário

O QUE É?


Desafio Voluntário é uma iniciativa, pensada para oportunizar a prática de mobilização, participação e transformação e tem como objetivo macro estimular a comunidade  no desenvolvimento de ações voluntárias dos mais variados gêneros e segmentos. Há doze anos atrás, o desafio originou-se no Vale do Taquari (RS) e hoje estende-se à toda Rede Parceiros Voluntários e neste ano nosso objetivo é ampliar para todos que queriam participar.


COMO PARTICIPO?


Inicie planejando uma ação voluntária cultural, educacional, ambiental ou social em prol da comunidade. Lembre-se que o fato de estarmos restrito ao contato físico, isto não é motivo para deixarmos de fazer ações voluntárias.


1. Clique em "ENTRAR" no topo da página ou clique aqui.

2. Faça seu cadastro como voluntário ou como um líder de instituição.

3. Vá até "Acesso sem Senha" e coloque a senha que receberá por e-mail.

4. Clique em "Publicar sua Ação" e nos conte sobre ela.


POR QUE O DESAFIO VOLUNTÁRIO?


Agosto é um mês especial para todos aqueles que acreditam que a prática do voluntariado é um meio de transformar positivamente as comunidades e por consequencia vidas. Afinal, no dia 28 (sexta-feira), o Brasil comemora o Dia Nacional do Voluntariado. Mais do que comemorar, é um dia de reconhecimento para aquele que disponibiliza o seu tempo, conhecimento e emoção em benefício do outro.


Diante desde desafio e vindo ao encontro do novo posicionamento da ONG Parceiros Voluntários, #SOJUNTOS, constituiu-se uma grande rede colaborativa formado por diferentes agentes,  para fomentar que as pessoas realizem ações voluntárias não só estimuladas pelo Dia Nacional do Voluntariado, mas como um projeto de vida.

O nosso objetivo é despertar a consciência da responsabilidade social individual para criar uma sociedade melhor para todos.


QUANDO ACONTECE?


Ao longo dos próximos meses, de agosto à dezembro,  estaremos estimulando que as pessoas compartilhem suas ações, mobilizem seus amigos para que assim,  constituamos uma grande corrente do bem. A nossa meta é que no dia 05/12, quando comemoramos o Dia Internacional do Voluntariado, faremos um reconhecimento para todos àqueles que disponibilizaram seu tempo, conhecimento e emoção em beneficio do outro


Veja o filme que criamos especialmente para você:




QUE AÇÕES POSSO REALIZAR?


O cenário de crise, na verdade, só reforça a essência do voluntariado. É essa a hora em que mais pessoas estão vulneráveis e que o espírito de cidadania precisa falar mais alto. A lógica pede mais empenho e urgência, e não que os planos sejam paralisados ou adiados.

Diante desta iniciativa, fica a questão: como fazer voluntário sem desrespeitar os protocolos de segurança contra a pandemia? A Parceiros Voluntários separou algumas dicas:


1 - Criar diálogos online entre gerações

Através de um smartphone temos todo o mundo na palma da mão. Porém, esse aparelho tão presente em nosso cotidiano também faz algo um tanto curioso: ele telefona. Então, que tal ligar para uma pessoa que está em situação de isolamento social? Com a pandemia do Covid-19, os idosos tem sido o público mais afetado. Entre em contato com uma Organização que trabalha com esse público na sua cidade e se disponibilize para bater um papo com um idoso que está em isolamento social. 


2 - Compartilhar conhecimento

Se você é bom em matemática, por exemplo, por que não compartilhar este conhecimento com outra pessoa que está tendo dificuldade? Entre em contato com uma escola ou uma Organização Social e disponibilize um horário em sua agenda para fazer esta ação. 


3 - Mobilizar rede pessoal para arrecadar itens de necessidade (desafio familiar)

Outra possibilidade é fazer uma competição do bem na sua família e em seu grupo de amigos. Monte times e lance um desafio de arrecadação. Este é um jogo em que todos vão sair ganhando.


4 - Leitura auditiva

Você pode gravar livros, como poesias, contos, crônicas e encaminhar para uma ONG que trabalha com deficientes visuais. Para isso, basta você acionar uma instituição que trabalha com esse público e disponibilizar a ação. Veja com eles o que gravar, que história é mais interessante, qual o formato ideal e pronto. 


5 - Compartilhar habilidades

Que habilidades você tem? E de que vale ela ficar somente com você? Hoje, com as novas tecnologias, vivemos a era da colaboração. Se eu sei tocar violão, por que não ensinar outra pessoa?


O QUE EU GANHO COM ISSO?


Ao rezalizar o trabalho voluntário tenha a certeza de quem mais ganha com esta ação é você.


Click nas imagens abaixo e conheças algumas histórias de voluntariado.


 








Ao longo do próximos meses iremos compartilhar exemplos transformadores, para que no dia 05/12, quando comemorarmos o Dia Internacional do Voluntariado a gente possa  reconhecer vários cases que impactaram positivamente nas comunidades


Está mais do que claro que, com criatividade e espírito empreendedor, temos a oportunidade de reinventar os processos, as instituições e o próprio voluntariado. 

Participe você também!